Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2014
Até agora, o meu blog baseou-se em textos críticos/interventivos/de opinião. Hoje, no entanto, senti-me no direito de usar a minha veia de poeta e poetizar o que não há.


Esquecimento que não vê 
Esquecer por um tempo
Um longo curto momento,
O quanto custa ver.
Sentir, quero não
Viver, só se houver

O dia nunca chegou,
porque a noite nunca curou.
A perfeição me matar tentou,
pois que de tanta vida tive não tendo.

Doer sem querer!
Dizer sem me aperceber!
Um dia, quero tudo preencher.
Comigo, ou sem mim,
mas tudo terá o começo do seu fim.



Saber que nunca assim será 
Saber que nada assim foi.
Que não tive a vida que vi,
Que senti tudo o que não vi,
Que amei tudo o que não vi ...

Saber que esse tempo não chegará,
Que a dor nunca se curará.
Sabendo, soube tão pouco,
pois ao saber nem tudo quis ver.

Ver que o sol brilha a quem não muito fez
Enquanto não brilha a mim, que tanto tentei.
Saber que não era essa visão,
No fundo, crer que não mais há solução...

Sentir nos olhos de quem não chorou,
O chorou que tive e que não se…
Demónios debaixo da cama 
Era uma vez um menino. Pequeno. Teria os seus 5/6 anos e acreditava que o mundo era confortável e seguro. Também acreditava piamente que havia monstros debaixo da sua cama. Acreditava que eram demónios que o perseguiam, que o queriam torturar enquanto ele dormia.
  O menino cresceu. Tem 16 anos, é alto, magro e fiquemos por aqui. Já não acha que tem monstros debaixo da cama embora, por vezes, não seja fácil ter a certeza se eles estão lá ou não. Porém, tem os seus demónios. Sim, ele tem os seus demónios. Vê-os por vezes, mas, geralmente, sente-os. Na sua pele e na dos outros. Às vezes, são os outros os seus demónios. 
  É estranho como todos nós pensamos que os demónios são palpáveis e não estão na terra. É mentira. Quantas vezes vamos para a escola a pensar na discussão de ontem com os pais? Naquela sms em que alguém diz que não se interessa mais por nós? Quantas vezes vamos para lá a pensar que não somos bonitos? A pensar que nunca vamos conseguir ser assim n…
Imagem
Há Feriados e Feriados. Há Patriotismos e Patriotismos. 


Hoje é dia 5 de Outubro. É domingo e não, não é feriado. Porquê? Porque os nossos governantes conjuntamente com a Troika decidiram que tirar feriados é uma das melhores maneiras de aumentar o dinheiro dos cofres do Estado.    Considero esse feito inadmissível. Sou novo. Não sou estúpido e não vou ser formatado por argumentos que não valem nada. Tirar feriados é bom? Para quem? Para os cofres? Os cofres do Estado estão mal porque certas e determinadas pessoas que atingiram cargos superiores neste país decidiram gastar, ou melhor, ESBANJAR o dinheiro em si mesmos do que no desenvolvimento de Portugal. Pois, é verdade isto que eu disse e não é preciso ter mais que 2 dedos de testa para ter essa noção. E agora, o que acontece? Agora ficamos sem feriados! Porquê? Porque nós andamos a viver acima das nossas possibilidades. (não sei a quem se referem quando utilizam o pronome ''nós'', sei que não se refere à grande maiori…
Imagem
Desigualdade de Géneros

  Quem olhar para o título deste meu novo texto, vai logo pensar: SHIIIIIIIII VOLTAMOS À MESMA COISA DE SEMPRE, CREDO! Sim, vou falar de desigualdade de géneros. Não, não vou falar de todas as mesmas coisas que já foram abordadas, vou pois falar das que são menos faladas! 
  Acabei de saber que 2 professoras estiveram envolvidas sexualmente com um aluno com a minha idade, isto é, 16 anos, nos EUA. Claro que muita gente disse:  ''Grande sortudo! O miúdo papa ali as 2 storas e ainda sai bem do quadro. '', o que nós até podemos pensar que é normal, mas será? Vamos pensar no mesmo caso, mas com uma rapariga. Se uma rapariga estivesse a ter relações sexuais com 2 professores ou 2 professoras (não interessa), o que pensariam as pessoas? '' AH SACANAS DOS PROFESSORES! ANDAM A FAZER SEXO COM A POBRE MENINA, AI COITADA'' ... 
  Claro que nem toda a gente pensa assim, mas sem dúvida que a maior parte faz este raciocínio neste caso e em tantos…